Categorias

Nova estrutura da prefeitura

O Diário Oficial do município traz hoje a nova estrutura administrativa da Prefeitura de Campos. Como mostrou o blog do Bastosa prefeita enxugou secretarias, mas criou 20 superintendências.

Os cortes em número de secretarias foram anunciados Na Curva do Rio no último dia 10.

 

Atualização às 13h:

Do Blog do Bastos:

Nova estrutura – Entenda como ficou a nova arrumação: 

Gabinete da Prefeita (Superintendências de Relações Institucionais, Planejamento, Centro Administrativo, Programas e Projetos, Assessoria Especial, Cidac, Captação de Recursos, Paz e Defesa Social, Postura e Guarda)

Secretaria de Gestão de Pessoas e Contratos (Superintendência de Comunicação)

Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Superintendências do Fundecam, Agricultura, Pesca e Aquicultura, Trabalho e Renda, Petróleo, Energias Alternativas e Inovação)

Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (Superintendências de Justiça e Assistência, Procon, Idoso e Defesa Civil)

Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Superintendência de Iluminação Pública / ficam vinculadas ainda as superintendências do IMTT e EMHAB)

Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (Superintendências de Igualdade Racial / ficam vinculadas as superintendências da Fundação Oswaldo Lima e Fundação de Esportes)

Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Superintendência de Limpeza Pública)

Fundação Municipal de Saúde (ficam vinculados os Hospitais Ferreira Machado e HGG)

 

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Câmara terá sessão extraordinária segunda-feira

A Câmara dos Vereadores terá sessão extraordinária na próxima segunda-feira, dia 20, às 10h.

Na pauta, mudanças na Lei Orgânica do Município.

O blog do Bastos também falou sobre o assunto.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Mais repercussão sobre caso do morador de SJB chamado de “mal educado” em fatura da Claro

Depois do site Uol (lembre aqui), o caso do consumidor sanjoanense que foi chamado de “mal educado” na fatura da Claro foi parar em O Globo.

Confira aqui.

Atualização: O G1 também repercutiu o caso. Veja aqui.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Cemitério de ambulâncias em Campos

Um internauta postou ontem em rede social o vídeo do que chamou de “cemitério de ambulâncias”, próximo ao Hospital Ferreira Machado, onde funcionava a antiga Comauto.

O que se vê são dezenas de ambulâncias com logo da Prefeitura de Campos, paradas, possivelmente se deteriorando com o tempo. Um verdadeiro desperdício com o dinheiro público.

Quer conferir? Desconsidere os xingamentos do áudio e clique no link abaixo:

video-1429153307.mp4

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Morador de SJB é chamado de “mal educado” em fatura da Claro

 

O autônomo Bruno França, 26, teve uma surpresa desagradável ao receber a fatura do mês de março de seu telefone móvel. A conta veio com um “insulto” –como ele mesmo definiu– exposto no campo de dados pessoais da conta. Abaixo do nome e do enderenço, a seguinte frase em letras garrafais: “cliente mal educado”.

“Parece uma piada”, disse França ao site Uol. Segundo ele, a ofensa pode estar relacionada a um contato que teria feito com a central de atendimento da Claro no início de março. “Estava há bem mais de 48 horas sem conexão com a internet e já tinha ligado algumas vezes para cobrar uma solução. A única reposta que tinha é: aguarde 24 horas ou por mais 48 horas”, contou.

No último contato telefônico, o autônomo afirma ter pedido um protocolo de atendimento, mas a funcionária se negou a passar ao alegar falta de sistema. “Pedi, então, para falar com um supervisão, que, segundo ela, não estava no momento. Aleguei que procuraria os meus direitos e não é que ela disse para que eu ficasse bem à vontade? No fim, acabou desligando na minha cara.”

Leia a matéria completa no Uol.

 

Atualização: Para alteração no texto.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Cena do Centro de Campos

 

E na cidade bilionária, na área central, população de rua tem usado o Largo da Imprensa para dormir, comer e até estender suas roupas…

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Casa do Professor aparece. Já a obra…

Foto: Suzy Monteiro, abril de 2015

 

Foto: Herval Jr, de abril de 2014

 

Olha ela aí: O empresário Herval Junior informou em rede social a localização da Casa do Professor. Na Avenida Alberto Torres onde funcionou a Justiça do trabalho.

Pelo menos  do lado de fora não aparece a obra que deveria ter sido concluída há dois anos.

Para lembrar,

A obra para reforma do prédio que abrigaria a Casa do Professor teve extrato de contrato publicado em julho de 2012, com previsão de término em seis meses. Ela seria uma das intervenções promovidas pela Prefeitura de Campos e que foram visitadas pela Folha da Manhã nos últimos meses. Porém, ela não foi localizada. A prefeitura também não se manifestou a respeito.

Ontem, no Diário Oficial, a Casa do Professor apareceu, mas em publicação, por omissão, de um Termo Aditivo, de fevereiro de 2013, dando mais 150 dias para a conclusão. Entidades de classe desconheciam a obra. A prefeitura não falou sobre o assunto mais uma vez.

Hoje, fiz a foto acima, que mostra a situação da Casa. A placa está caída, mas pode conferir na seguinte, de Herval.

A Folha da Manhã traz na edição de hoje matéria completa sobre o assunto, que você pode conferir no Folha Online.

Atualização às 13h30 para inclusão no texto, fotos e dados.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Governo reajusta salários de servidores

Mais de 26 mil servidores estaduais ativos, inativos e pensionistas que ganham o piso salarial terão aumento de 14,6%, a partir da folha de pagamento competência abril, retroativo a janeiro. O novo piso salarial do Estado do Rio de Janeiro foi estabelecido pela Lei 6.983, sancionada este mês. O piso válido para o servidor passou de R$ 831,82 para R$ 953,47.

 

Ao todo, serão beneficiados 14.526 servidores ativos, 1.541 inativos e 10.663 pensionistas. No caso dos pensionistas, os pagamentos com o aumento serão feitos de 24 a 30 de abril, dependendo do final da inscrição. Já os inativos receberão no dia 4 e os ativos, no dia 5 de maio.

 

O menor salário do Estado não pode ser inferior ao piso. Com isso, quem ganha exatamente o valor do piso vai receber, na folha de abril, R$ 1.318,42, referentes às parcelas do aumento de janeiro, fevereiro e março, no valor total de R$ 364,95, mais o novo piso, que passou a ser de R$ 953,47.

 (Fonte: Assessoria)
Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Casa do Professor enfim aparece, mas no Diário Oficial

 

Recentemente, a Folha da Manhã percorreu a cidade mostrando obras inacabadas, paradas ou concluídas e não entregues à população. Uma que chamou bastante a atenção foi a Casa do Professor, cujo extrato de contrato foi publicado em 23 de julho de 2012. Para reformar e ampliar as instalações da futura Casa do Professor o valor era de R$ 321.940,70, com prazo de conclusão de seis meses.

Duas matérias foram publicadas: Em 19 de março (aqui), uma equipe percorreu a Av. Alberto Torres e não encontrou. O Sepe disse desconhecer a obra. Já em 20 de março, o tema foi destaque na Câmara dos Vereadores, citada por Rafael Diniz. Líder da situação, Mauro Silva disse “não saber de cabeça” onde eram as instalações. A prefeitura não enviou resposta. Confira aqui.

Pois bem, o Diário Oficial de hoje traz extrato do 1 Termo Aditivo para prorrogação de prazo para mais 150 dias para conclusão. Acontece que…

A publicação de hoje é por omissão, com data de assinatura de 26 de fevereiro de 2o13. Um ano antes de a Folha procurá-la e ninguém saber onde fica.

Melhor dizendo, ninguém não. Alguém tem que saber explicar isso.

 

 

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Doação de sangue

Vamos ajudar?

Marizate Laurindo está internada em estado grave no Hospital da Beneficência Portuguesa e precisa de sangue tipo A.

Quem puder ajudar é só comparecer ao Hemocentro Regional, que funciona no Hospital Ferreira Machado e doar em nome dela.

Se você tiver outro tipo de sangue também pode doar. Mais pessoas estão precisando de ajuda.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks