Arquivos

Categorias

Estado do Rio terá ponto facultativo dias 5, 18 e 22

O Estado do Rio terá ponto facultativo nos dias 5, 18 e 22 de agosto — a exemplo do que já havia sido decidido pelo município. O decreto foi publicado nesta terça-feira (26) no Diário Oficial e cita a relização da Olimpíada como justificativa.

Os três dias são considerados os mais críticos para a mobilidade urbana. O primeiro é na abertura da Olimpíada, quando cerca de 10.500 atletas estarão se deslocando em mais de 350 ônibus, além de chefes de estado e de governo que virão para a festa.

No dia 18 será realizada a prova de triatlo em Copacabana, na Zona Sul, com inúmeras interdições. Já no dia 22, após os Jogos, praticamente todas as delegações estarão deixando a cidade e voltando para casa.

Nas repartições onde as atividades não podem ser suspensas — como hospitais, por exemplo — o expediente será normal, sob a responsabilidade dos chefes.

(Fonte: Extra)

 

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

Prof. Dorinha Vianna: “Não precisamos de tocha. Precisamos de política esportiva”

A professora e referência em dança Dorinha Vianna desabafou em rede social sobre falta de política esportiva em Campos, para desenvolver novos talentos e dar oportunidade aos já existentes.

Dorinha conta que decidiu falar, após ver uma outra postagem, do nadador Fabiano Angelo Borges, que agradecia pela lembrança de seu nome como um dos atletas que poderiam carregar a tocha olímpica em Campos, como mostrou o jornalista Antunis Clayton, no Ponto Final de segunda-feira (veja as notas abaixo do Ponto Final abaixo)

O mico e a tocha olímpica (I)

Campos, pela proximidade com a Cidade Maravilhosa, receberá a tocha num instante em que o mundo inteiro estará debaixo do espírito olímpico. O elemento signo estará na cidade no próximo domingo, dia 31, faltando menos de uma semana para a abertura dos Jogos Rio 2016. O que se espera é que não se repita aqui o festival de micos vivenciado em diversas cidades brasileiras onde o “espírito sucupirano” foi maior do que o espírito olímpico. São muitos os relatos de gente que nunca chutou uma bola, jamais entrou numa piscina de competição ou nunca pisou numa pista de atletismo ou ginásio de esporte que acabou conduzindo a chama por escolha política, social e descabida.

 

O mico e a tocha olímpica (II)

Campos tem um leque de nomes dignos de tal honraria, gente que aqui nasceu e deu suor e sangue pelo esporte, atravessando muitas e muitas fronteiras com sucesso. Na crônica esportiva é possível citar nomes como Eraldo Leite, Elso Venâncio e Cláudio Perrout. Entre os atletas, Odvan, campeão da Taça Libertadores pelo Vasco e da Copa América pela Seleção; Léo, campeão brasileiro com a camisa do Santos; Amarildo, o Possesso, campeão do mundo pela Seleção e ídolo do Milan; Fábio Lemos Benzi, ciclista multi-campeão da Prova do Santíssimo Salvador; Fabiano Borges e Laura Crespo, referências na natação, só pra citar alguns.

 Abaixo, o desabafo de Dorinha:

dorinha

Dorinha Vianna sentindo-se decepcionada.

O que desejo compartilhar…. um desabafoooo!!!!!!
NÃO PRECISAMOS DE TOCHAAAA!!!! PRECISAMOS DE POLÍTICA ESPORTIVA!!!
Depois que li o post do amigo Fabiano Angelo Borges, não me contive!!!!
Não precisamos de tocha Olímpica em nossa cidade!!! Precisamos de uma política voltada ao esporte e as atividades físicas que contemplem nossa sociedade para que se torne mais saudável!!! Que futuro queremos para nossa Campos??? Nossos jovens não tem perspectiva!!! O tempo ocioso é gasto nas esquinas, nas bocas e nos pequenos delitos!!!! Sentir-me-ia honrada sim de receber a tocha em nossa cidade, se realmente aqui houvesse uma política esportiva que contemplasse de verdade os profissionais de Educação Física, os desportistas, nossas crianças e jovens! MAS SEQUER TEMOS EQUIPES DE BASE, MUITO MENOS DE RENDIMENTO!!!! E NÃO TEMOS POR FALTA DE APOIO!! NÃO POR FALTA DE COMPETÊNCIA!!!! Vemos por aí alguns projetos esportivos sociais que fazem de conta! Dali não evoluem para lugar nenhum!!!!O que vemos são alguns esportes serem contemplados por serem de custo mais baixo… Como é o caso das lutas ( desporto individual)!Mas, que ainda assim não possuem o apoio necessarioaos campeões e aos iniciantes! É isso aí!!! Lutamos uma vida inteira pelo nosso esporte (no meu caso as Ginásticas) em nossa cidade, fazendo acontecer, tirando dinheiro do próprio bolso, comprando equipamentos, bancando treinos, lanches, viagens e inscrições, implorando espaços, para não deixar morrer nossa modalidade… . Isso demonstra a “seriedade” que é tratado o esporte em nossa cidade. Esporte???? Que equipes? Que modalidades esportivas de fato existem em Campos???? Se não for ação de organizações não governamentais, associações e inclusive das igrejas por meio das pastorais católicas. Combinado com ação de idealistas de variados matizes, entre os quais NÓS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA que, muitas vezes, isoladamente tomamos para nós a responsabilidade por nosso esporte e atletas, muitas modalidades já teriam sido excluídas de nossa cidade!!! Existem… mas não conseguem ir além… falta apoio! Mas para dizerem que o esporte é a via de saída para uma juventude mais saudável… isso todos levantam bandeiras!!! Que o esporte tira as crianças e jovens das ruas e das drogas… todos concordam , mas poucos são os que apoiam e fazem alguma coisas com o objetivo de sanar essa chaga social que estamos vendo em Campos!!! As drogas tomando conta da vida dos nossos jovens , por falta de opção de atividades esportivas e de uma política esportiva que dê condições aos profissionais de Educação Física, aos atletas e todos os envolvidos com esporte em nosso município! Com uma população mais saudável, não teríamos tanto gasto com doenças, remédios… Afffffffff… Preguiça de escrever sobre o óbvio! Preguiça dessa gente que só quer se aproveitar das carências da sociedade e das carências humanas!!! 50 anos envolvida com esporte… Vivenciando as glorias e derrotas… Lutando sem esmorecer cada hora da minha vida… Sacrificando convívio com a família… e não vejo nossa cidade evoluir um centímetro na direção de uma sociedade mais justa e com mais qualidade de vida!!!! e não me venha dizer que é a crise!!!! Porque não é!!!! É a falta de visão, de coragem, de vontade política!!!! PARA QUE TOCHA OLÍMPICA EM NOSSA CIDADE? QUEM ESTÁ LUCRANDO COM ISSO????

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

Prefeitura injeta mais de R$ 1 milhão em consórcio sob intervenção

uniao adiantamento

Em intervenção desde 14 de julho, o Consórcio União recebeu, no último dia 22, R$ 725.525,79.

Dois dias antes, o mesmo consórcio recebeu subsídio de 01/06 A 30/06/2016 no valor de R$ 118.967,78

Já no dia 18, foram R$ 277.591,49 de 70% bloqueio judicial também do UC II.

Em quatro dias, o valor total injetado no consórcio foi de R$ 1.122.985,06.

Saiba mais sobre a intervenção aqui 

e no Folha Online e aqui.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

Prefeitura “erra” em R$ 1 milhão no contrato com Inovaluz

inovaluz retificaçao

A Prefeitura de Campos publicou hoje, em Diário Oficial, o 3 Termo Aditivo – de retificação – com a empresa Inovaluz. A retificação é por conta do 2 Termo Aditivo do contrato, que trazia valor de R$ 7.335.173,49, quando o correto seria R$ 6.156.719,62. Um “erro” de R$ 1.178.453,87.

Em maio, a Prefeitura reconheceu dívida de R$ 5 milhões com a empresa. Confira aqui.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

Revoltada, mãe desabafa: “Pra Carnaval e tocha tem dinheiro”

mae maria clara

Erika, mãe de uma criança especial, a pequena Maria Clara, desabafou há pouco no facebook sobre a situação de sua filha.

Segundo a mãe, ela esteve com a prefeita Rosinha há cerca de três meses e a prefeita teria garantido que não faltaria assistência à criança. Porém, isso não aconteceu. A criança estaria sem medicamento e sem O2, além disso, os técnicos não teriam material para cuidar da menina: “Cadê as coisas da minha filha? Pra Carnaval eles têm, para tocha eles têm”.

Clique na imagem acima para ver o vídeo.

O vídeo foi postado no face do internauta Wallace Bastos.

mae maria clara 2

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

Firjan lança Mapa de Desenvolvimento na próxima quarta

Na próxima quarta-feira, 27/07, será apresentada, no Teatro do SESI Campos,  a Agenda Regional do Norte Fluminense do Mapa do Desenvolvimento, que tem como objetivo apresentar a visão da indústria sobre os principais problemas da região e traçar uma estratégia para as ações do Sistema FIRJAN, dentro de um horizonte de 10 anos.

 

O Mapa do Desenvolvimento 2016-2025 foi construído por mais de mil empresários e envolveu os 92 municípios do estado do Rio. As propostas foram extraídas de debates em todos os nossos conselhos temáticos e regionais do Sistema FIRJAN e de respostas à pesquisa online com uma base ampliada da indústria.

 

Nesta edição, foram desenvolvidas 10 Agendas Regionais que abordam questões específicas de cada Regional do Sistema FIRJAN e refletem a visão dos empresários. Os documentos que servirão como instrumento de gestão pública e de debate para as próximas eleições municipais. Em Campos, os temas foram discutidos em uma reunião, que aconteceu no dia 25/02.  Nelas, os industriais montaram um conjunto de medidas para a melhoria do ambiente de negócios nas regiões.

Na ocasião, também acontecerá a 15ª edição da já tradicional entrega da medalha “Construtor do Desenvolvimento Regional”, criada pela Representação Regional da FIRJAN no Norte Fluminense para reconhecer personalidades e empresários que contribuem para o desenvolvimento da região Norte Fluminense. Este ano, os homenageados serão a empresária e pedagoga Rita Chardelli e o empresário do ramo moveleiro, Izac Bezenover. Na ocasião, também haverá uma palestra com o Diretor Superintendente do SESI e Diretor Regional do SENAI/ RJ, Alexandre dos Reis, com o tema “Resiliência com foco no resultado”.

(Fonte: Assessoria)

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

“Médicos no poder e a qualidade de vida”

Depois de muitos meses afastado para dedicar-se a outras atividades, o jornalista Ricardo André Vasconcelos interrompeu o momento recluso para fazer uma análise sobre a história “médico-política” de Campos nos últimos 50 anos.

Peço licença para reproduzi-la abaixo (ou é possível conferir no seu Eu penso que), desejando que a  interrupção desperte a vontade de Ricardo voltar a dividir conosco suas opiniões sempre tão precisas.

domingo, 24 de julho de 2016

MÉDICOS NO PODER E A QUALIDADE DA SAÚDE

 eu penso que hirano
Líder do governo d. Rosinha, Hirano passou por tratamento
médico no exterior no ano passado, mas estaria pronto para a campanha
 eu penso que batista
Batista pode ser recompensado por sua lealdade ao grupo político por sua
atuação como presidente da Câmara nos últimos quatro anos
 eu penso que chicao
Vice nos últimos oito anos, o também médico Chicão não pode
mais disputar a vice. Só a cabeça de chapa, possibilidade cada dia mais distante

A se confirmarem os rumores do final de semana, na próxima quarta-feira, 27, serão ungidos dois médicos na chapa que vai representar o grupo político dominante nas eleições de outubro para a Prefeitura de Campos: Paulo Hirano (PR) prefeito e Edson Batista (PTB) o vice. Independente da qualidade política de ambos, se depender das probalidades, a dupla é  favorita para administrar as dívidas do município pelos próximos quatro anos. Das últimas 16 eleições para a Prefeitura de Campos ocorridas nos últimos 50 anos, em apenas três não havia um médico na chapa vencedora: Zezé Barbosa/Valdebrando Silva (1982), Sérgio Mendes/Amaro Gimenes (1992), Carlos Alberto Campista/Toninho Viana (2004).

A famosa dupla composta pelo industrial Zezé Barbosa e o médico Lourival Martins Beda já havia sido vitoriosa na eleição de 1966 e voltara “por vontade popular” e “depois de um descanso merecido” , como dizia a marchinha de campanha, ao governo na eleição de 1972. No pleito seguinte (1976), foi a vez do engenheiro Raul Linhares e do médico Wilson Paes chegarem ao poder. Raul foi um raro caso de desapego ou de desencanto e deixou um ano inteiro para seu sucessor, além de respeitável legado como obras de infraestrutura importantes, o Calçadão e a recuperação do Villa Maria. Em 1988, Garotinho (então PDT) estreou na prefeitura com o médico Adilson Sarmet (PSB) na vice e numa aliança que duraria pouco mais de um ano. Sarmet, que fora nomeado para dirigir o Hospital Ferreira Machado, que estava em fase de reabertura, foi demitido pelo prefeito e as relações azedaram de vez.

Eleito para um segundo mandato em 1996, Garotinho voltou com outro médico na garupa, desta vez o popular vereador Arnaldo França Viana, que o substituiria para concluir o mandato a partir de 1998 e eleito prefeito na primeira eleição do século 21. O sucessor de Arnaldo, eleito numa chapa sem médico, foi cassada cinco meses e 13 dias após a posse e substituído pelo presidente da Câmara, o médico Alexandre Mocaiber,  logo depois efetivado na eleição suplementar de 2006. Na sequência, foram dois governos de dona Rosinha com o médico Chicão Oliveira na vice.

Médico no poder em Campos não é novidade apenas nos últimos cinquenta anos ainda alcançados pela memória do jornalista cinquentão. Com apoio da pesquisa do historiador Hélvio Cordeiro, do Instituto Historiar (aqui) e do imprescindível livro “Política, Políticos & Eleições”, de Vivaldo Belido de Almeida (Ed. Alvorada – dezembro de 1988), é possível descobrir que o primeiro médico a assumir a Prefeitura de Campos foi José Nunes Siqueira (1910/1911), seguido dos também médicos Luiz Caetano Guimarães Sobral (de 1914 a 1918 e 1920 a 1924 e 1930);  Benedito Gonçalves Pereira Nunes (1928-1930); Oswaldo Luiz Cardoso de Melo, (1931 a 1932); Sílvio Bastos Tavares, (1932 a 1933 e de 1939/1937); Manuel Ferreira Paes, (1945/1946 e 1947 a 1951); João Barcelos Martins (1955-1959 e 1963 a 1964) e Edgardo Nunes Machado (1962).

Se o tal Conselho da Frente Popular Progressista — apelido pomposo da sopa de letrinhas de partidos barganhados para apoiar a candidatura do grupo político dominante — não optar pela chapa dos dois médicos, a possibilidade é de que pelo menos uma das vagas seja de alguém da área da Medicina. A dupla Paulo Hirano/Mauro Silva não vingou, dizem as más línguas, por excessivamente “estrangeira”. Bobagem. O fato de ambos terem nascido no Paraná não desmerece a carreira de ambos, construída na planície goitacá. Mas isso é assunto para outra hora…

A questão é, se a cidade teve tantos médicos administrando a cidade desde o início do século XX, por que a qualidade do atendimento na área da Saúde ainda é a principal queixa da população?

Postado por Ricardo André Vasconcelos às 19:06

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

Genásio explica composição com PDT

convençao genasio 2genasio convenção

O vereador Genásio (PSC) explicou no facebook sua composição com o PDT, de Caio Vianna. Genásio marcou presença na convenção do PDT, ontem. Em seguida, o PSC realizou sua própria convenção, confirmando o apoio. Veja abaixo:

Boa tarde a todos !

Gostaria de agradecer primeiramente a Deus, a minha família, a toda nossa grande família PSC (Partido Social Cristão), ao nosso diretório, a todos os amigos que colaboraram para o estrondoso sucesso de nossa convenção, que foi realizada na noite de ontem no Automóvel Clube Fluminense, que acabou se tornando pequeno para a multidão que nos deu a honra de prestigiar nosso evento.
Nesta noite maravilhosa, uma verdadeira festa da democracia, realizamos a homologação dos nossos pré-candidatos a vereador e nossos convencionais decidiram por unanimidade pela formação de uma aliança na eleição majoritária e na proporcional com o PDT (Partido Democrático Trabalhista), que tem Caio Vianna como pré-candidato a Prefeito e Gil Vianna como pré-candidato a Vice-Prefeito.
Esta aliança é fundamental para um maior fortalecimento de nosso partido e caminharemos com garra e determinação rumo a vitória, para que uma verdadeira transformação ocorra em nosso município.

Grandes coisas estão por vir…
Grandes coisas já estão acontecendo.
Deus nos abençoe.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

PDT confirma chapa Caio e Gil Vianna à Prefeitura de Campos

WhatsApp-Image-20160723

Começou há pouco a convenção do PDT, confirmando Caio Vianna como candidato a prefeito de Campos. Caio levou um palanque de peso, com políticos como o presidente do partido Carlos Lupi, Brizola Neto, o deputado estadual João Peixoto e os vereadores Gil Vianna (PSB) e Genásio (PSC).

Com informações do repórter Marcus Pinheiro.

Em seu discurso, o ex-presidente da Câmara de Campos, Marcos Bacellar, alfinetou o ex-prefeito Arnaldo Vianna, que hoje mais cedo publicou vídeo dizendo que não iria à convenção (Confira aqui): “…Arnaldo me levou pra 2 estelionatos eleitorais, pois estava Inelegível. Você não, você pode e é candidato !!” A informação é do face de Lesley Beethoven.

Gil foi confirmado como nome a vice de Caio Vianna.

Leia a cobertura completa na edição de amanhã da Folha da Manhã.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati

Matoso nega conversa com grupo rosáceo

rogerio-matoso

Pré-candidato a prefeito, Rogério Matoso divulgou há pouco uma nota oficial, negando que estivesse conversando com o grupo do governo. O boato estava circulando em algumas rodas políticas.

 

De acordo com o pré-candidato à prefeitura de Campos Rogério Matoso, a notícia de que estaria conversando com o grupo do governo é mentirosa. Ele reafirma seu compromisso em ser candidato a prefeito de Campos, pelo PPL e tem mantido contato com todos da oposição.

O momento, segundo Matoso é de paz, e o mais importante agora é buscar o melhor caminho para o município e deixar a população tranquila para que possa escolher o destino que Campos irá seguir a partir das próximas eleições.

“Sou pré-candidato a prefeito porque acredito que podemos fazer Campos voltar a ser uma referência em desenvolvimento, tanto no setor Rural, quanto nas questões urbanas e sociais. Não tem conversa e nem acordo com esse desgoverno, que faliu nossa cidade. Sou pré-candidato a prefeitura de Campos e esse é meu compromisso. Não dá mais para viver de fofoca e de mentira, o que queremos nessa eleição é um jogo limpo e que traga de verdade a paz para essa cidade” – destacou Rogério

 

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • PDF
  • Technorati
Copyright © 2010 - Folha da Manhã - Todos os direitos reservados