Categorias

MP Eleitoral quer inelegibilidade de Roberto Henriques

deputado estadual Roberto Henriques (PSD), candidato à reeleição, é representado numa ação da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) que pede a cassação de seu registro de candidatura (ou de mandato, se eleito) e a inelegibilidade por oito anos. Na ação de investigação judicial eleitoral, ele é acusado de uso indevido de meio de comunicação, pois várias edições do jornal Repórter, do norte-noroeste do RJ, divulgaram diversas propagandas eleitorais ao longo de 2013 e 2014.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Lewandowski presidente do Brasil

 

O ministro Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), assumirá a presidência do Brasil por dois dias de hoje até quarta-feira. A presidente Dilma Rousseff irá a Nova York para a Assembleia Geral da ONU.

Quem deveria assumir seria o vice-presidente Michel Temer, mas ele foi orientado por advogados a sair do Brasil nesse período por ser candidato à reeleição. Temer agendou uma viagem de última hora para o Uruguai e pediu um encontro com o presidente José Mujica.

 Lewandowski estava em São Paulo no início do dia e já viajou para Brasília. Dilma embarca às 22h para os Estados Unidos.
(Fonte: Folha de S. Paulo)
Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Desembargador do TRE “bate” em Garotinho

 

Do Radar Online, do jornalista Lauro Jardim:

O desembargador Alexandre Mesquita desceu a borduna em Anthony Garotinho em uma sessão recente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro.

O tema em questão era a Caravana da Paz, evento que Garotinho organiza há anos com shows gospel e distribuição de brindes. Disse Mesquita:

- Na verdade, o senhor Anthony Garotinho não é pastor. Ele não é um pastor religioso. Ele não tem formação teológica. Ele é jornalista por profissão. No caso dele, ele fala que é da Igreja Presbiteriana. Porém, da Igreja Presbiteriana do Brasil ele não faz parte. Da Igreja Presbiteriana independente ele também não faz parte. Na verdade, essa Igreja Presbiteriana que o senhor Anthony Garotinho faz parte nada mais é do que uma das chamadas Igrejas Neopentecostais que, em qualquer esquina, tem uma.

 

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

O Dia: Na Matemática dos royalties, Campos reprovada

Campos é novamente hoje destaque na imprensa nacional, mas, de novo, por razão negativa. O jornal O Dia traz matéria, mostrando que os municípios mais ricos do estado – encabeçados por Campos – foram os piores no resultado do Ideb - Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. O destaque positivo é Rio das Ostras

Diz trecho da matéria:

O caso mais espantoso é o de Campos. Nos últimos seis anos, a receita em royalties do município pulou de R$ 847,86 milhões para R$ 1,3 bilhão. No mesmo período, o gasto anual por aluno subiu muito pouco — de R$ 4.457,40 para R$ 5.281,16. Valor até menor do que o investimento feito por Mendes: R$ 5.530,47, cidade que recebe somente R$ 6,35 milhões do petróleo.

Leia a matéria completa aqui.

 

 

 

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Garotinho entre os mais influentes do Congresso

 

Lista dos cem “cabeças” do Congresso Nacional, elaborada anualmente pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), mostra nove deputados do Rio figuraram em algum dos quatro anos desta legislatura. Os “cabeças”, na definição do Diap, são os parlamentares mais influentes que se destacam pela capacidade de liderar, conduzir, se posicionar em debates, negociar e formular propostas que acabaram virando leis. Destes nove, quatro deputados fluminenses estiveram presentes nas listas dos quatro anos: Miro Teixeira (PROS), Chico Alencar (PSOL), Eduardo Cunha (PMDB) e Rodrigo Maia (DEM).

Outros cinco apareceram na lista em pelo menos um ano: Anthony Garotinho (PR), Alessandro Molon (PT), Jandira Feghali (PCdoB), Otávio Leite (PSDB) e Brizola Neto (PDT) — este último figurando apenas na lista de 2011, ano em que exerceu o mandato na Câmara como suplente.

Em ascensão – Durante os quatros anos, apareceram nas listas os deputados: Hugo Leal (PROS), Jean Wyllys (PSOL), Alfredo Sirkis (ex-PV e agora PSB), Benedita da Silva (PT), Andreia Zito (PSDB), Glauber Braga (PSB), Edson Ezequiel (PMDB) e Jorge Bittar (PT).

Discursos

Garotinho (PR) entrou na lista do Diap em 2012. Segundo Queiroz, ele já era vice-líder da bancada e assumiu o posto em 2013, sempre demonstrando capacidade de influenciar nas votações. Garotinho está entre os que cinco que mais discursam nesta legislatura.

(Fonte: O Globo)

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Movimentações para o segundo turno

Na reta final da campanha para as eleições desse ano, já se começa a traçar estratégias para o segundo turno.

O senador Marcelo Crivella, por exemplo, deverá se manter neutro ou apoiar Luiz Fernando Pezão. Garotinho, diz, nem pensar.

Do Radar Online, de Lauro Jardim:

Marcelo Crivella vai ficar neutro ou apoiar Luiz Fernando Pezão caso fique fora do segundo turno na disputa pelo governo do Rio de Janeiro. Apoiar Anthony Garotinho, jamais, garante a cúpula do PRB.

Setores do PT também estariam se movimento, para o caso do senador Lindberg não ir para o segundo turno. As conversas também seriam com Pezão.
De Fernando Molica, do jornal O Dia:

Conversas 1

Petistas e peemedebistas vão negar, mas tem gente muito ligada ao governo dizendo que o partido de Lindberg Farias já negocia o apoio a Pezão no segundo turno.

Conversas 2

Em troca, recuperaria as secretarias do Ambiente e Assistência Social e ainda mandaria em todo o setor de Transportes. Lindberg, até pelas críticas a Pezão, deverá ficar longe dos acertos.

 

Transamérica

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Transamérica Executive em Campos


Noite agradável, prestigiada e uma ótima oportunidade para rever amigos: Assim foi o coquetel de lançamento do hotel Transamérica Executive, ontem, no final da Pelinca. É bom ver um empreendimento desse porte chegar a Campos.

Em meio às expectativas de crescimento econômico geradas por megaempreendimentos que estão sendo construídos na região, chega a Campos uma das maiores redes hoteleiras do Brasil. A InterRio Incorporadora e RMZ Engenharia vão construir na Pelinca, área mais valorizada do município, um hotel com a bandeira Transamérica Executive, já presente em grandes centros urbanos como São Paulo, Sorocaba, Jundiaí, Rio de Janeiro, Curitiba, Vila Velha e Recife. Cerca de 90% das unidades do Transamérica Executive Campos já foram negociadas logo no primeiro dia de vendas.

O Transamérica Executive Campos, que será construído em um terreno de quase 4.000 m², na Rua Tenente Coronel Cardoso, ao final da Avenida Pelinca, vai contar com 17 pavimentos e 272 unidades. A previsão é de que a fase de construção do empreendimento gere cerca de 400 empregos diretos.

O diretor comercial da InterRio, Igor Celano, ressalta que as expectativas de crescimento econômico regional, aliadas à infraestrutura oferecida por Campos, chamaram a atenção e foram decisivas na hora de escolher a cidade para instalar mais um dos empreendimentos do grupo que já contam com 5 mil apartamentos.

— Campos é o maior município do interior do Estado do Rio de Janeiro e o principal centro comercial do Norte Fluminense. Mais de 80% da produção nacional de petróleo vem da Bacia de Campos. Sem contar a proximidade de grandes empreendimentos, como o Porto do Açu e o Complexo Logístico e Industrial Farol-Barra do Furado. Todos esses fatores têm trazido cada vez mais pessoas para morar e se hospedar na cidade — destacou Celano.

Room service, restaurante, piscina com deck molhado, bar da piscina, lounge, sauna e repouso, espaço fitness, salas multiuso, telefonia 24 horas, internet são alguns dos serviços disponíveis na unidade em Campos. O Transamérica Executive Campos terá, ainda, quatro elevadores e 176 vagas de garagem.

 (Fonte: Assessoria)
Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Garotinho sobre ação do MP Eleitoral: “Não vai dar nada”

 

Candidato do PR ao Governo do estado, Anthony Garotinho ironizou a ação da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), que o acusa de usar o centro cultural que leva seu nome para distribuir enxovais a grávidas em Campos dos Goytacazes, seu reduto político. Ele voltou a comentar o assunto durante corpo a corpo em Madureira, na Zona Norte, na tarde desta sexta. Questionado se era normal um candidato ao governo ser alvo de tantas denúncias — três delas, inclusive, resultaram em pedidos de inelegibilidade —, Garotinho demonstrou não se importar com as ações.

— Eles estão no papel deles, mas não vai dar nada. Não tem nada errado — disse.

O ex-governador também atacou Lindbergh Farias e o PT. Na última quinta, após reunião com Lula, Lindbergh passou a eleger Garotinho como alvo principal, pois a análise que sua coordenação de campanha faz é que as quedas sucessivas do ex-governador nas pesquisas antecipam o “derretimento” de sua candidatura.

— Candidato que tem 8% diz que um que tem 25% está derretendo? Das duas, uma: ou ele não entende de matemática, para saber que 25% é maior do que 8%, ou está jogando para a galera.

(Fonte: O Globo/Igor Mello)

O Blog de Ricardo André Vasconcelos também falou sobre o assunto aqui.

Leia mais sobre a ação aqui.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

MPF pede decreto de estado de calamidade pública por falta de água

 

Já falta água no Rio de Janeiro. A cidade de São João da Barra é o primeiro município fluminense prejudicado pelo acordo celebrado entre a União e os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, que resultou na diminuição do volume de água que chega ao Rio de Janeiro. Diante da situação de calamidade, o Ministério Público Federal (MPF) em Campos dos Goytacazes (RJ) move nova ação civil pública contra a Resolução n° 1309/14 da Agência Nacional de Águas (ANA) que autorizou essa redução de vazão (volume) e pede a decretação de estado de calamidade pública na região banhada pelo rio Paraíba do Sul pelos próximos dois anos.

(Fonte: Assessoria)

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Ministra do TSE que cassou Carla Machado libera Paulo Feijó

 

Com registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o deputado federal Paulo Feijó conseguiu vitória no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em decisão monocrática, a ministra Maria Tereza de Assis Moura, no mesmo dia que cassou  o registro deferido da ex-prefeita de São João da Barra, Carla Machado (aqui), liberou o registro de Feijó.

No início de setembro, Feijó resolveu sua pendência no TRT (aqui), abrindo caminho para o deferimento de seu registro.

 

Como já era esperado, a Ministra Maria Tereza de Assis Moura deferiu, na noite de ontem (18/09), o registro do candidato a Deputado Federal Paulo Feijó (PR/RJ).

Feijó sempre pautou sua vida pessoal e pública com honestidade, ética e seriedade, resultando numa enorme folha de serviços prestados a todo Norte e Noroeste Fluminense.

O deputado sempre teve certeza que o Direito estava 100% ao seu favor, mas esta decisão representa o resgate de um grande equívoco e uma poderosa injeção de ânimo nesta reta final de campanha.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks