Categorias

TRE apreende material de Garotinho, Pezão e outros candidatos na Maré

Em megaoperação sem qualquer incidente, no início da tarde desta quarta-feira (27), 80 fiscais do Tribunal Regional Eleitoral entraram pela primeira vez no Complexo da Maré, na Zona Norte, com o apoio do Exército e dos fuzileiros navais que ocupam o conjunto de favelas. No Conselho dos Moradores da Vila Ipiranga, Salsa e Merengue e Marrocos (localidades da Maré), foram apreendidos cem caixas de amostras grátis de remédios, listagem de entregas de cestas básicas, cronograma da equipe de campanha de candidato ao governo do Estado Anthony Garotinho (PR), da candidata a deputada federal Clarissa Garotinho (PR) e do candidato a deputado estadual Guiga (PR), além de cem adesivos deles. Também foram encontrados cerca de duzentos formulários de cheque-cidadão, cinco mil panfletos de Anthony Garotinho e Clarissa Garotinho, dois mil exemplares do informativo Palavra de Paz, oito faixas com ataques ao governador Pezão (PMDB), ao candidato a deputado federal Pedro Paulo (PMDB) e ao prefeito Eduardo Paes, além de três computadores e R$ 800. Dividida em oito equipes, a fiscalização também circulou sem problemas por toda a Maré e recolheu uma tonelada de placas irregulares. Na localidade Vila dos Pinheiros, a maioria das placas encontradas era dos candidatos Gérson Bergher (PSDB) e Del (PSDC), além de Garotinho e Clarissa.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

TRE vai pedir ao TSE Força Nacional nas eleições

Por unanimidade, o plenário do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro decidiu, na sessão desta quarta-feira (27), que vai solicitar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a presença da Força Nacional de Segurança, “para garantir o bom andamento” das eleições. O presidente do tribunal, desembargador Bernardo Garcez, explicou que a decisão atende à jurisprudência do TSE e ao fato de que a convocação “vem ocorrendo desde a eleição de 2008, pelo menos”. Uma comissão, formada por três juízes do tribunal – além do presidente, o vice, desembargador Edson de Vasconcelos, e o desembargador federal Abel Gomes – e três advogados eleitorais vai estabelecer o critério de atuação das tropas com a Polícia Militar e a Polícia Federal, e fazer a interlocução com partidos e candidatos.

O presidente explicou que, embora o TSE determine “que se colha a opinião do governador” sobre a necessidade de convocação das forças armadas, o tribunal em Brasília, em reiteradas decisões, dispõe também que, quando um tribunal regional concluir que a informação do governador não é suficiente, e verificar que houve requisição da força pública em eleições anteriores, “deliberará pela solicitação ao TSE da presença de força federal”. O TRE-RJ publicará uma resolução, formalizando a decisão e a formação da comissão, que se reunirá sempre que necessário para acompanhar o trabalho da Força Nacional e discutir eventuais dificuldades enfrentadas pelos candidatos.

(Fonte: TRE)

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Orquestrando ganha apoio de Glória Maria e faz nova manifestação nesta quarta

 

A ONG Orquestrando a Vida, que tem feito vigílias e manifestações para não encerrar suas atividades, tem ganhado apoio através de uma campanha no facebook de pessoas com cartaz “#orquestrandoavidaeuapoio”.

A campanha já cruzou fronteiras e ganhou apoio de pessoas de vários países e vários estados brasileiros.

Hoje, o apoio foi global: A jornalista Glória Maria posou com o cartaz. Chique, não? Pena que a situação parece longe de ser solucionada.

Só para lembrar, a ONG fez a primeira vigília dia 11/08 (aqui). Seu convênio com a prefeitura está sem renovação desde dezembro do ano passado. Por sua vez, a prefeitura enviou nota ao blog, afirmando que a não renovação era devido à não entrega de documentação aqui. Ao que a ONG respondeu aqui, afirmando que entregou documentos e ainda dando números de processos. E a prefeitura, através da procuradoria, refirmou a não entrega aqui.

Nesse entregou-não-entregou quem sofre são os jovens atendidos pela ONG, que aprendem e desenvolvem uma música maravilhosa e tem contato com mundo que lhes seria desconhecido, se não fosse a Orquestrando.

Nesta quarta-feira, está programada uma carreata às 18h30, saindo da sede da ONG, que fica localizada atrás da Câmara dos Vereadores – falar nisso, onde estão?

Atualização: O vereador Rafael Diniz lembrou há pouco que, no retorno das sessões da Câmara, seu primeiro pronunciamento foi solidarizando-se com a Orquestrando a Vida e cobrando explicações do governo Rosinha a respeito do assunto. Rafael tem estado presente nos eventos de apoio; “Sou solidário à ONG e ao trabalho desenvolvido por ela, como vereador e como cidadão”, destacou.

Obs.: Parabéns a Rafael Diniz pelo posicionamento.

 

 

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Ibope: Garotinho na frente, Pezão passa Crivella

 

Pesquisa Ibope divulgada hoje mostra que o candidato Anthony Garotinho (PR) lidera a disputa pelo governo do Rio, com 28% das intenções de voto. O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), que tenta a reeleição, aparece em segundo lugar, com 18%. Marcelo Crivella (PRB) recebeu 16% e Lindbergh Farias (PT), 12%.
Tarcísio Motta (PSOL) aparece com 3% das intenções de voto, enquanto Dayse Nunes (PSTU) e Ney (PCB) recebem 1%. Os votos em branco e nulos somam 15%. Outros 6% não souberam ou não opinaram em quem vão votar. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Na última pesquisa Ibope para o governo do Rio, de 30 de julho, Garotinho aparecia com 21%, Pezão com 15% e Lindbergh recebeu 11% das intenções de votos. Aqueles que declararam o voto em branco e nulo somavam 21%. Os que não sabiam ou não quiseram dizer em quem votariam eram 12%.

MAIOR REJEIÇÃO AINDA É DE GAROTINHO

O candidato do PR tem a maior rejeição entre os que disputam a corrida estadual. Ao todo, 35% dos entrevistados disseram que não votariam de jeito nenhum em Garotinho. No caso de Pezão, esse índice é de 20%. Lindbergh e Crivella têm a rejeição de 19% do eleitorado.

SIMULAÇÕES DE SEGUNDO TURNO

O instituto fez ainda três simulações de segundo turno. Num primeiro cenário, Garotinho aparece com 34% contra 33% de Crivella. Existe, portanto, um empate técnico. Os votos em branco e nulos somam 27%. Os entrevistados que não souberam ou não quiseram opinar são 5%.

Em outra simulação, o candidato do PR aparece com 38% das intenções de voto contra 31% do governador que tenta reeleição. Os votos em branco e nulo somam 25% e os que não souberam ou não opininaram são 5%.

Num terceiro cenário, Garotinho tem 37% das intenções de voto contra 29% de Lindbergh. Nessa simulação, os votos em branco e nulos somam 27% e os que não responderam ou não opinaram são 6%.

(Fonte: O Globo)

A Folha Online postou a informação primeiro aqui.

 

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Ibope: Marina avança e empata com Dilma

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, do Radar Online, a candidata Marina Silva não terá a vantagem esperada por sua equipe na pesquisa Ibope que será divulgada hoje a noite. Marina avançou e aparece empatada tecnicamente com a presidente Dilma Rousseff.

Pela pesquisa, Marina está empatada tecnicamente com Dilma Rousseff no primeiro turno, considerando a margem de erro de 2%.

A pesquisa mostrará Dilma Rousseff entre 31% e 32%, Marina entre 27% e 28% e Aécio Neves entre 18% e 20%.

No segundo turno, Marina aparecerá com dois dígitos à frente de Dilma.

A pesquisa foi feita pelo Ibope entre 23 e hoje. Foram entrevistados 2506 eleitores.

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Ibope trará Marina “avassaladora” na frente

 

 

“Marina virá ‘avassaladora’ na frente”. A afirmação é do coordenador da campanha da hoje socialista, deputado Márcio França, ao jornal Estadão sobre a pesquisa Ibope que será divulgada hoje. Segundo as previsões, Marina Silva está à frente de Aécio Neves (PSDB). O clima é tenso no ninho tucano.

Por falar em Marina1…

Hoje tem debate na Band entre os presidenciáveis.

Por falar em Marina 2…

O Radar Online, do jornalista Lauro Jardim, diz que a herdeira do banco Itaú e coordenadora do programa de governo de Marina Silva, Maria Alice Setúbal, a Neca, decidiu ser ainda mais participativa nas eleições.

“De acordo com a primeira fase da prestação de contas dos candidatos e comitês financeiros ao TSE, Neca gastou 540 000 reais em doações de campanha”.

 

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Caberá a Pezão decidir sobre tropas federais

A presença de tropas federais nas eleições de outubro deve ser decidida na sessão plenária de quarta-feira (27), pois depende de manifestação oficial do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, desembargador Bernardo Garcez, explicou que se trata de um dos critérios exigidos pelo Tribunal Superior Eleitoral, em respeito à autonomia federativa. “A responsabilidade constitucional da segurança da população é do governador, que deve se expressar com clareza”, disse. A possível convocação de tropas federais atende a uma proposta do desembargador eleitoral Fábio Uchôa e do Ministério Público Eleitoral, que se reuniram com a secretaria de Segurança.

“Determinei que o ofício fosse entregue no gabinete do governador, pois a resposta sobre segurança dos eleitores não pode ser de um subalterno”, criticou Garcez. A deliberação do plenário na próxima quarta terá ainda como base a cópia do relatório obtido pelo desembargador Uchôa, que aponta a existência de “mais de 30 áreas críticas”. O relatório, segundo ele, cita problemas na capital, em Niterói e na Baixada. Uchôa antecipou que o relatório “demonstra a necessidade de convocar as tropas federais”. O presidente do TRE-RJ lembrou, porém, que as eleições sempre foram marcadas por trocas de acusações entre candidatos, “criando uma situação de expectativa em relação à segurança”, concluiu o desembargador Garcez.

(Fonte: TRE

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

TRE: Garotinho pode responder por compra de votos

 

Para prevenir práticas assistencialistas, a fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral fechou, nesta segunda-feira (25), o Centro Cultural Anthony Garotinho, no município de Campos, cobrindo ainda o nome do candidato do PR ao governo na fachada do prédio. A determinação de lacrar da juíza Daniela Barbosa Assumpção de Souza foi tomada após denúncia anônima de que, na propaganda eleitoral no rádio, em 20 de agosto, uma mulher agradecia o enxoval doado pelo candidato. Além disso, Garotinho foi notificado para retirar referências a seu nome do local, mas descumpriu a ordem.

Caso fique comprovado que a distribuição de enxovais permaneceu após o registro da candidatura, Garotinho pode, em tese, responder a ação por compra de voto.

Em 12 de agosto, fiscais do TRE-RJ apreenderam no mesmo centro cultural cem fraldas e farto material de propaganda, como adesivos, jornais, cartões postais e calendários, solicitações para tratamento de saúde à prefeitura de Campos, cadastro de gestantes e guias de encaminhamento assinadas pela assistente social do município, Samara Soares Rodrigues, ao centro para recebimento de enxovais. O relatório vai ser enviado ao Ministério Público Eleitoral, para ajuizar as ações cabíveis.

(Fonte: TRE)

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Morre Antônio Ermínio de Moraes

 

Morreu na noite de ontem o empresário Antônio Ermínio de Moraes, aos 86 anos, de insuficiência cardíaca. Presidente de honra do Grupo Votorantim, Antônio Ermínio era sinônimo de empresário bem sucedido e um dos homens mais ricos do Brasil com uma fortuna estimada em R$ 25 bilhões.

O Grupo Votorantim – do qual se afastou em 2001 por problemas de saúde – é um dos cinco maiores conglomerados empresariais com capital brasileiro, com negócios em mais de 20 países. No ano passado, teve uma receita líquida de 26,3 bilhões. O comando do conglomerado foi passado aos filhos e sobrinhos. 

Influente, Ermínio aventurou-se na política em 1986, lançando-se à candidatura ao governo do Estado de São Paulo pela União Liberal Trabalhista Social ( PTB, PL e PSC), ficando em segundo lugar, perdendo para Orestes Quércia, do PMDB.

De temperamento inquieto, o empresário também escreveu livros e peça de teatro.

Uma combinação de doenças afetaram sua mente e seus movimentos, imobilizando-o numa cama, levando-o a sofrer de hidrocefalia e mal de Azheimer. Ele deixa viúva e nove filhos.

 

(Fonte: O Globo)

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Pezão proibido de fazer campanha em prédio público e utilizando servidores

 

Uma liminar (decisão provisória) do desembargador Wagner Cinelli proibiu o governador e candidato a reeleição, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e seu vice na chapa Coligação Rio em 1º lugar, senador Francisco Dornelles (PP), de fazerem campanha em prédios públicos, bem como divulgar a agenda eleitoral nesses locais, utilizando servidores. A ação foi movida pela Coligação Frente Popular, do candidato ao governo Lindbergh Farias (PT) e a decisão deverá ser cumprida a partir da publicação no Diário da Justiça Eleitoral. Se descumprir, Pezão poderá ser multado em R$ 5 mil.

(Fonte: TRE)

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks